5 de junho de 2010

Dentro de cada alma há uma rosa


A parábola da rosa...

Um certo homem plantou uma rosa e passou a regá-la constantemente e, antes que ela desabrochasse, ele a examinou.

Ele viu o botão que em breve desabrocharia, mas notou espinhos sobre o talo e pensou, Como pode uma bela flor vir de uma planta rodeada de espinhos tão afiados?

Entristecido por este pensamento, ele se recusou a regar a rosa, e, antes que estivesse pronta para desabrochar, ela morreu.

Assim é com muitas pessoas.

Dentro de cada alma há uma rosa: as qualidades dadas por Deus e plantadas em nós crescendo em meio aos espinhos de nossas faltas.

Muitos de nós olhamos para nós mesmos e vemos apenas os espinhos, os defeitos.

Nós nos desesperamos, achando que nada de bom pode vir de nosso interior. Nós nos recusamos a regar o bem dentro de nós, e, consequentemente, isso morre.

Nós nunca percebemos o nosso potencial. Algumas pessoas não vêem a rosa dentro delas mesmas; Alguém mais deve mostrá-la a elas.

Um dos maiores dons que uma pessoa pode possuir ou compartilhar é ser capaz de passar pelos espinhos e encontrar a rosa dentro de outras pessoas.

Esta é a característica do amor -- olhar uma pessoa e conhecer suas verdadeiras faltas.

Aceitar aquela pessoa em sua vida, enquanto reconhece a beleza em sua alma e ajuda-a a perceber que ela pode superar suas aparentes imperfeições.

Se nós mostrarmos a essas pessoas a rosa, Elas superarão seus próprios espinhos.

Só assim elas poderão desabrochar muitas e muitas vezes.

(Autor Desconhecido)

6 comentários:

  1. Olá, Fernanda.

    Adorei teu blog, entrei, passeei e fiquei...fã!
    Estarei sempre por aqui.
    bjos

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Denise!
    Volte sempre!
    Beijos... :))

    ResponderExcluir
  3. Ah, Denise!
    Fui fazer um comentário no seu blog e acho que não entrou nem para aprovação.
    Que configuração difícel você fez, menina!
    Adorei o seu blog também!

    ResponderExcluir
  4. Oi Fernanda, que peninha, mas vou verificar, ok?

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Ah, ficou lindinha as boas-vindas no cursor!!

    Adorei a história da Germana, mas...mordoma???
    eu fiquei imaginando e não atino pq...rsrs

    Bjo

    ResponderExcluir
  6. Obrigada, Denise! Graças à você! :))

    Não tem nada pra atinar, não! Sempre tive o hábito de batizar "as coisas"... e esse nome na Lagartixa foi colocado por conta de uma novela, que não lembro mais o nome e a personagem Germana, interpretado pela Aracy Balabanian, era bacana, como se fosse uma "mordoma", com livre acesso pela casa, de modo discreto... rs. Uma vez vieram uns amigos aqui em casa e ela apareceu, engatei logo a pergunta pra acabar com o "alvoroço": Vocês conhecem a Germana, minha mordoma?... Foi isso... hehe!

    Pessoal... esse papo de cima é por conta de um post chamado "A Lagartixa" no blog da Denise, viu!

    Beijos

    ResponderExcluir

OBRIGADA PELA VISITA !!! VOLTE SEMPRE !!!!

Peça informações sobre Consulta de RADIESTESIA a distância ou presencial (São Paulo-SP) - Pessoas - Ambientes - Empresas.


SKYPE: fernanda.merbach
E-mail: radiestesia.radionica@hotmail.com
Colocar no assunto: CONSULTA RADIESTESIA